Canepa Artigos – Brasil: De Belíndia a Salgéria / Os erros na tributação de produtos financeiros

Canepa Artigos – Brasil: De Belíndia a Salgéria / Os erros na tributação de produtos financeiros


Caros amigos da Canepa Asset,

 

O momento é difícil para a indústria de fundos de investimento, sobretudo para os gestores independentes que trabalham com produtos de maior risco. A concentração dos volumes em gestoras ligadas a grandes bancos cresce em velocidade proporcional à saída de recursos dos fundos de maior risco. A participação dos produtos de renda variável, no total da indústria de fundos de investimento, despencou dos já tímidos 11% em 2010 para apenas 5% nos dias correntes. Já o segmento de multimercados, no mesmo período, aponta para a perda de participação relativa na indústria de 24% para 19% do total de recursos investidos. O resgate líquido nessas duas classes de fundos, no montante somado de R$ 100 bilhões, é símbolo dessa exacerbada elevação de aversão a risco do investidor  nos últimos cinco anos.

 

O cenário macroeconômico do Brasil nos fez sofrer três rebaixamentos de rating nos últimos tempos pelas principais agências de risco. Falando de Brasil, o termo “Belíndia” (fusão de características de Bélgica e Índia), criado em 1974 pelo economista Edmar Bacha, pode ser  substituído pela nomenclatura “Salgéria” (mistura de El Salvador com Nigéria) em 2016, se focarmos no critério de prêmio de risco exigido pelos mercados. O artigo escrito para o blog na Revista Investidor Institucional aborda essa nova “cara” brasileira e um breve comparativo da relação entre os ratings atribuídos pelas agências e os respectivos prêmios de risco soberanos cobrados pelo mercado.

 

Se o ambiente macro não ajuda, a Medida Provisória 694/15, relatada pelo Senador Romero Jucá, segue a tradição de penalizar a tributação relativa da indústria de fundos de investimento. Adicionalmente, a MP falha em preceitos básicos em termos de política tributária dos diversos produtos. O artigo escrito para o blog no site da Revista Capital Aberto descreve essa crítica ao teor do que está sendo proposto pelo Governo em seu afã arrecadatório.

 

Convido os amigos a ler os artigos e compartilhar as opiniões sobre os dois palpitantes temas nesse momento crucial de transição no país.

Canepa Artigos – Brasil: De Belíndia a Salgéria  /  Os erros na tributação de produtos financeiros

 

Atenciosamente,

 

Alexandre Póvoa